- Marrocos

Dia 7 - Fes - Boulmane

17:46renata novaes

Hoje quem deveria escrever era o Mô.
Pra mim o dia foi um pouco de tudo: longo, lindo, dramático, cansativo, inusitado, perigoso e de verdadeiros heróis e heroínas.
Ninguém estava esperando passar por tudo isso. Nem imaginávamos a estrada que iríamos pegar.
Saímos de Fes numa estrada boa. Depois entramos num "caminho". Foram quase 400 km de pista simples, asfalto caòtico, paisagens dramáticas, aldeias com casas feitas de barro, carros de boias frias, plantações em oásis no meio de um deserto e para arrematar o dia... A Garganta de Todra.
Talvez eu refaça essa postagem para detalhar os perrrengues e a bravura de seu Esdras e da Valéria.
Mas por enquanto deixo essa postagem.
De dramático também teve uma curva com brita que levou eu e o Mô para o chão. Sem nenhuma consequência, só o ego muito ferido.
Também teve o pneu furado do André e a chegada tardia ao hotel, já anoitecendo.
Mas depois conto mais. Bj

























Aldeias no Marrocos



Garganta de todra
Chegando ao hotel


<<< Postagem anterior      Próxima postagem >>> 

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

1 comentários

  1. O que aconteceu? Precisam contar mais desse dia! O que teve de dramático?

    Beijos Lulão

    ResponderExcluir