- Lagos Andinos

Dia 22 - Santa Fé - Vitória das Missões

07:22renata novaes

Hoje terminamos o circuito turístico na Argentina. Quando acordamos esta manhã estávamos a 450 km da fronteira  e nosso destino era a cidade de Ijuí, numa viagem de 850 km.
Saímos 9 horas, muito tarde para quem tinha uma aduana pela frente.
O dia estava muito quente mas nublado. O primeiro trecho na Argentina estava tranquilo, com estrada boa e pouco movimento. 
Em Entre Rios passamos pelo primeiro, pelo segundo e fomos parados no terceiro posto policial.  O guarda olhou para o adesivo "mandraque" da moto e não sei se por conta disso ou não, só perguntou de onde vínhamos e mandou seguir.
O Mo ficou se gabando que o adesivo "imprensa" é que nos salvou!
Abastecemos a 90 km da fronteira torrando os últimos pesos da viagem e seguimos até a aduana que estava bem cheia. Demoramos uns 45 minutos para conseguir o carimbo.
Enquanto isso ficamos conversando com um caminhoneiro de Uruguaiana que viaja esse Brasilzão de meu Deus, mais Chile, Venezuela, Peru, Colombia! Bárbaro!
Ficaríamos horas nesse papo se não tivéssemos que seguir viagem.
Chegamos a Uruguaiana 16:30 para almoçar (horário do Brasil). É claro que tudo estava fechado menos o boteco da praça principal. Comemos um lanche rápido e seguimos viagem por uma estrada ruim. Faltavam 400 km! 
Quando fizemos este trajeto no início da viagem o asfalto não estava danificado desse jeito. Acho que a chuva andou castigando a região. 
O Mô até tentava uma tocada boa mas toda hora apareciam buracos e irregularidades na pista. 
Quando faltavam uns 100 km começou a ventar muito e em seguida veio a chuva... E que chuva!
Andamos uns 20 km no escuro e íamos em direção aos raios que caíam um atrás do outro. Parecia até reprise da chuva anterior.
Bom...
Paramos numa casinha de ponto de ônibus e perguntamos a um casal que lá estava abrigado (com moto e tudo) para que lado ficava a cidade mais próxima. Eles informaram que havia uma cidade a 10 km e para trás. Perguntamos se o caminho era asfaltado e responderam que sim. Voltamos 10 km, encontramos a plaquinha Vitória das Missões e seguimos por 6 km até a pousadinha do Bolão.
Quando chegamos estava fechada. Chamamos a vizinha que ligou para o Bolão. Aguardamos um pouco e ele chegou do "interior" com seu filhinho.
Preparoy um lanche delicioso que estamos comendo e depois só cama!
Não foi uma decisão acertada uma viagem tão longa com estrada movimentada e aduana. Fica a lição para aqueles que não gostam de viajar a noite!
Bjs

Vista do hotel para a cidade
Entrada do runel que segue por baixo do Rio Paraná
Túnel

De volta ao Brasil
Chuva anunciada
Quarto da nossa "pousada"!

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

2 comentários

  1. Mô e Re

    Eu sempre aprendendo com vocês...

    Na próxima viagem vou colocar um destes adesivos... Afinal se perguntarem para quem escrevemos basta dar um adesivo com o link do BLOG...

    Estes policiais camineiros ai de Entre Rios são famosos...

    Eu fique com muita raiva deles na última viagem...

    Ademir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois te mando a foto do adedivo. Tenho até vergonha de pubicar no blog!

      Excluir