- Nova Zelândia

Dia 26 - Christchurch

01:06renata novaes

Finalmente o sol reapareceu nesta cidade.
Acordamos às 8 e às 9 h da manhã já estávamos abastecendo. 
O dia começou com um passeio na Banks Península.
Foram 75 km até chegar a Akaroa e sua bela baia.
Quando retornarmos ao hotel já era 3 da tarde, horário combinado para a devolução da moto.
Um simpático e esforçado funcionário da locadora veio com sua moto buscar a nossa.
Ele tentou insistentemente explicar a necessidade do Mô acompanhá-lo até a locadora (cada um em sua moto) e depois o Mô teria uma carona de volta ao hotel. 
Foi duro, mas depois de algumas caretas, mímicas e tudo o que era possível, o Mô entendeu...

Foram 5423 km muito bem rodados, passando por paisagens incríveis, em estradas seguras, bem calçadas e com pouco movimento.
Acho que não tem lugar no mundo para andar de moto como este aqui.
Vamos ter que procurar muiiiito!!! (Será um prazer!!!)
Depois de entregar a moto fomos passear na cidade.
Agora a  pé, fizemos uma longa caminhada.
Atravessamos o gigantesco parque Hagley passando pelo jardim botânico e chegamos ao centro da cidade que estava deserto.
Com o terremoto muitas construções históricas se perderam. Há muitos terrenos vazios e o cenário, às 6 da tarde, é meio sombrio.
Voltamos para o nosso hotel cruzando novamente o parque da cidade. 
Paramos para jantar num bar que estava cheio de gente: The Burnning Bull Bar and Grill House, uma carne (angus beef) deliciosa e uma pizza que lembrou as melhores pizzarias de SP.  Disparado  a melhor janta da NZ!
Não definimos se gostamos ou não da cidade.
Acho que o terremoto prejudicou a nossa avaliação. Além disso, tudo aqui é muito distante, não dá para andar a pé.
Tem bastante ciclovias, mas o trânsito é pesado e meio confuso.
Bom... É isso. Agora acabou mesmo.
Amanhã pegamos um vôo para Auckland, de lá outro vôo para Santiago e finalmente São Paulo.
Vai ser uma longa viagem de volta.
Pelo menos recuperaremos o dia perdido na ida
Bjs

Caminho para a Banks Península



Akaroa

Península Banks





Parque


Restaurando a igreja

Esta rua foi reaberta em 2013

Fonte no jardim botânico

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

2 comentários

  1. Muuiitoooo legal!!!!
    Eu confesso que acompanhei a viagem em 2 dias.! hahaha =) mas ta valendo.,


    Eu também estou orgulhoso dos meus Km rodados essas férias.

    Foram 3458Km com destinos:
    São Paulo - Ferrugem - São Paulo - Vitória - Trancoso - São Paulo.


    mas o meu foi em quatro rodas.

    Temos que vender o Punto. Ele pediu arrego.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrsrs
      Mais um pouco nos alcança!!!
      Quanto ao Punto, podemos transformá-lo em algo com apenas 3 rodas... Só para começar!

      Excluir