- Ushuaia

Dia 17 - Puerto Natales - El Calafate

08:19renata novaes

Hoje pela manhã a proprietária do hostel deu a notícia de que os italianos haviam nos deixado um belo regalo.
Eram botas para trail, vermelhas, cano alto, lindonas mesmo!
Ficamos felizes com o presente, mas não tínhamos como carregá-lo. Foi uma pena. Mas também o número não ajudava muito: 7 americano.
Deixamos o nosso regalo no hostel e partimos para décima e décima primeira aduanas.
(Essa é, de longe, a parte mais chata da viagem).
Na saída de Puerto Natales, na Ruta 9, em função de uma obra, tivemos que pegar um desvio de 6 km no rípio para depois seguir em 60 km de asfalto.
Passada a aduana do Chile, enfrentamos mais 14 km de rípio.
Percorridos 120 km paramos num posto "faroeste caboclo" para tentar abastecer. Como o frentista estava almoçando resolvemos seguir viagem e abastecemos em La Esperanza, a 200 km.
O dia estava quente, ensolarado e ventava muito.
Acho que a previsão de ventos de 90 km por hora em Torres Del Paine resvalou na Ruta 40.
Ainda bem que a viagem foi curta.
(Mô: as opiniões sobre o vento são da Re!)
Chegamos a El Calafate as cinco da tarde e fomos abastecer. Passamos pelo YPF e
não tinha gasolina. Só chegaria as oito da noite.
Passamos em outro posto, um Petrobrás (só há dois na cidade) e havia uma fila inacreditável.
Resolvemos ir primeiro ao hotel para depois resolver o problema. Trocamos de roupa e fomos enfrentar a "cola" do abastecimento.
Foram duas horas e meia debaixo do sol!
(Isso é que é aventura!)
Disseram que há uma paralisação em Caleta Olivia que está afetando toda a região. E "nóiscumisso"?
Enquanto o Mô ficava na fila fui dar uma voltinha na rua principal.
Passei pelo YPF e resolvi entrar na fila. Foi hilário!
Tive que explicar que eu estava guardando lugar para uma moto.
Pode imaginar eu entre uma caminhonete e um corsa? Ridículo!
Meia hora depois, conversando por mensagem com o Mô, achamos melhor que eu continuasse passeando!
A cidade é muito ajeitada. A mais bonita que passamos na Argentina. Possui ruas arborizadas e um centro comercial que lembra um pouco Campos do Jordão.
Está cheia de brasileiros. Credo!
Estamos hospedados no hotel Xelena. Ele parece muito bom, mas não tem ar condicionado, só calefação!
Aliás, a cidade não está preparada para o calor que está fazendo por aqui.
Todo lugar que entramos é muito quente.
Agora é quase meia noite e estamos jantando no La Tablita. Recomendamos!
Amanhã faremos mais uma navegação para conhecermos todos os glaciares do mundo e alguns da Argentina!!!!!
Bjs




























Hospedagem:
Hotel: Xelena
Valor da diária: US$135,00
Garagem: free

Distância percorrida: 350 Km

<<< Postagem anterior: Dia 16 - Torres Del Paine - Puerto Natales
 Próxima postagem: Dia 18 - El Calafate>>>

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

2 comentários

  1. Aii simm!!!

    Paii Mantenha a Barba assim.. ta muito bom!! Quero ver quando voltar.! =)

    beijoss

    Lulão!

    ResponderExcluir
  2. Quase não te reconheci com essa barba.
    Sigam tendo boa viagem!!!
    Bjo.
    Carmen.

    ResponderExcluir