- Chile-Peru

Chile-Peru 2012 - 17 º dia: Nazca - Cusco

11:12Renata

Mô:

Desde nossa saída de São Paulo a idéia era não viajarmos à noite. Hoje quebramos a regra.
Antes das 8 da manhã já estávamos em cima da moto prontos para enfrentar os 640 km de viagem que ligam Nasca a Cusco, boa parte deles com curvas que já começavam na porta do hotel.
Nas primeiras duas horas percorremos 120 km numa sequência interminável de "Us" e chegamos aos 4500 m de altitude.
Depois andamos pelo topo da montanha com curvas mais abertas. Estávamos na Reserva Nacional Pampas Galera. Nessa altitude víamos gelo no "acostamento" e também nos deparamos com muitos lagos.  
No trecho seguinte o visual mudou radicalmente. Descemos até um vale e nele percorremos cerca de 200 km onde conhecemos um novo Peru, com muito verde e muita água.
(Ao abastecer em Puquio descobri que pelo menos em parte nosso roteiro de hoje também é realizado pela agência internacional Edelweis que faz roteiros guiados de moto mundo afora).
Como a média de velocidade ficou perto dos 60 km/h não teve jeito. Fizemos os últimos 90 km à noite. 
O maior problema que há em se viajar à noite no Peru são os animais na pista.Vacas, galinhas, cachorros, alpacas...
Num certo momento, quando me dei conta, tinha uma vaca atravessada na pista. Por sorte na pista contrária.
Chegamos em Cusco às 19.30 h. Demoramos quase uma hora para localizar nosso hotel.
O trânsito caótico, as ruas estreitas de paralelepípedo e tudo com mão única fizeram com que déssemos voltas e mais voltas.
Chegando ao hotel deixamos as coisas e fomos jantar.
Amanhã vamos para Águas Calientes.  

Obs: Este percurso por ser muito lento é muito longo para um único dia. O certo seria dividí-lo  com uma parada. O problema seria a hospedagem. Não vimos pelo caminho uma cidade que pudesse ter acomodações confortáveis. 

Subindo a montanha até 4500 mts.:



Já no topo estávamos na Reserva Nacional Pampas Galera. Lá havia muitos lagos.


Pegamos muitas reformas de pista.
Caminho dentro do parque ecológico.

Como estava muito frio, tivemos que parar para o Mô se agasalhar.
Descendo para o vale:

Vale que percorremos por mais de 200 Km:





Parada para almoço:


Havia uma comemoração no local. Carregavam lenha para ser armazenada e utilizada numa grande festa que ocorre em julho.


E novamente uma subida para Cusco:




Jantar: $80,00 soles

Hospedagem:
Hotel: LLipimpac Guesthouse
Endereço:  Limacpampa Chico, 400 - 2º Patio Cusco, 84 Peru
Telefone: +5184222292 Fax +5184225564
E-mail: rossanayong@hotmail.com
Valor da diária: US$60,00 (dólares)

<<< Postagem anterior: 16 º dia - Camana - Nasca Próxima postagem: 18 º dia - Cusco - Águas Calientes>>>

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

2 comentários

  1. Tadinho do bicho carregando as madeiras.. :( rsrs
    Rê.. seu popô não está quadrado não???
    Beijooccaaaassss e fiquem com Deus! Raquel N

    ResponderExcluir
  2. É um burrinho forte! Não se preocupe.
    Quanto ao popô...
    Por incrível que pareça não.
    A moto é muito confortável e eu já acostumei. Estou adorando tudo.

    Bjnhos na Sara... Bjinhos procês!!!

    ResponderExcluir