- Chile-Peru

Chile-Peru 2012 - 15 º dia: Arequipa - Camana

23:18Renata

Re:
Hoje resolvemos deixar Arequipa e seguir viagem.
A cidade é interessante e tem uma gastronomia fantástica. Vale a visita.
Antes de viajarmos, na parte da manhã, ficamos tentando reservar o passeio de Machu Picchu. Compramos os tickets de entrada no site www.machupicchu.gob.pe mas não conseguimos comprar os tickets do trem.
Tivemos que ir a uma agência de turismo e perdemos um tempão com isso. Recomendamos que esse pacote seja comprado no Brasil.
Depois passeamos no mercado municipal, almoçamos, fizemos o check-out no hotel e saímos as 15:00 h para Camana.
O percurso de 170 km tem tráfego intenso e pouco atrativo visual. O interessante no caminho são os oásis que surgem do nada. Parecem uma pintura verde no cinza da estrada.
Chegamos a Camana as 18:00 h e estava nublado. Não conseguimos ver o por do sol.
A praia parece muito bonita. Tem uma extensa área de areia onde as casas são construídas (e que casas!).
A cidade faz parte dos 300 km de litoral peruano que pretendemos percorrer.
Amanhã vamos ver se conseguimos algumas fotos.
Bjs.

Mô:
Aproveitando que o dia de hoje foi meio xoxo, queria compartilhar alguns fatos que fomos esquecendo de comentar ao longo desses dias de viagem.
Em nosso primeiro passeio em San Pedro de Atacama, no Valle de la Luna, havia um grupo de mais ou menos 50 meninas que pareciam ser formandas do colegial de uma escola chilena. Estavam todas sentadas na duna vendo o pôr do sol. De repente descobrem um brasileiro que devia ter uns 20 anos  que estava próximo ao grupo.....do nada elas começaram a cantar a música do Michel Teló. Cantaram com coreografia e tudo...... e não é que o brasileiro se entusiasmou e começou a dançar junto com as meninas! Nessa hora as chilenas ficaram doidas e cercaram o cara. Não pararam de tirar fotos com ele. Foi hilário !!!!!!
Aliás esse tal de "..... Ai se eu te pego...." tá bombando por aqui. Já ouvimos várias vezes nos lugares mais inusitados que passamos. Imaginem que entre Puno e Arequipa fomos parados pela polícia peruana (aliás a única vez em toda viagem até agora), o policial pediu o documento de entrada no Peru, conferiu a placa da moto e já foi logo perguntando quem era melhor Messi ou Pelé ????? Maradona ou Pelé ????? Brincamos um pouco com ele que era muito simpático e na hora de irmos embora não é que ele manda essa: "levem um abraço ao Michel Teló"......é mole ??????
Outra curiosidade é com respeito ao tão falado mal da altitude que traz dores de cabeça, tontura, falta de ar, vômito e sei lá mais o que. Com a gente não aconteceu nada. E olha que entre uma cidade e outra ou um passeio e outro já subimos e descemos o morro várias vezes. Passamos ilesos até agora. Ainda falta a última prova que será em Machu Picchu. Lá, além da altitude, enfrentaremos uma caminhada de cerca de uma hora até Wayna Picchu de onde teremos do alto a visão de Machu Picchu. O esforço físico na altitude é a questão. Vamos ver no que vai dar.
Por último, tem o "festival de ceviches" que tínhamos vontade de fazer (já que o Peru é o point). Estamos cumprindo a risca. Até agora já provamos 4 tipos: linguado, pescada, corvina e truta. Todos estavam muito bons. 
É isso aí. Até amanhã.
Almoçando em Arequipa. Experimento gastronômico: Inka Cola. Não recomendamos!
Mercado Municipal.
Oásis no deserto.
Chegando a Camana.
<<< Postagem anterior: 14 º dia - Arequipa Próxima postagem: 16 º dia - Nazca>>>

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

2 comentários

  1. Gostamos do mercado... para variar.
    Enquanto estiverem perguntando sobre quem é melhor se Messi ou Pelé, se Maradona ou Pelé, tudo bem. Se alguém perguntar sobre quem é melhor Michel Teló ou Tom Jobim, volta pra casa logo, menino.
    Paulo e Patrícia.

    ResponderExcluir
  2. Nós também gostamos muito de mercados. Toda cidade que tinha nós fomos. Vendem de tudo. A qualidade muitas vezes deixar a desejar, mas o interessante é ver o que eles tem e como fazem para vender.......é pitoresco !!!!! Abç. Mo

    ResponderExcluir