- Escandinávia

Escandinávia 2011 - 14 º dia: Bergen

16:43Renata

Mais algumas informações
Antes se seguir com meus relatos, preciso corrigir uma informação sobre o valor das diárias dos hotéis na Noruega.

Os preços são altos. Mais caros que na Dinamarca e na Suécia.
A comida também é mais cara.
Temos tido dificuldade de encontrar um lugar agradável para comer nos percursos das viagens. Acabamos comendo um lanche nos postos de gasolina (todos eles tem uma lojinha de conveniência com sanduíches, refrigerantes e até fruta).
Passamos por paisagens incríveis, onde deveria haver um restaurante com vista panorâmica. Mas não há.
Em compensação, em todo canto tem um camping lotado de traillers e barracas!
Outra coisa engraçada por aqui é com relação à moto.
Elas são tão raras neste país que ninguém sabe a regra de onde podemos estacioná-la.
Ontem perguntamos para um guarda. Ele muito simpático respondeu: Em qualquer lugar, desde que não interrompa a passagem do pedestre.
Pois foi a resposta necessária para largarmos a moto numa praça pública!

Continuando...

Ontem seguimos viagem contornando "o mais espetacular dos fiordes" (de acordo com as informações captadas pelo Mô), o Hardangerfjorden.
Foram quase 70 km com a "boca aberta" de pura contemplação.
Fica difícil explicar o que vemos. Aliás, impossível.
(Alguém consegue descrever o paraíso? O paraíso é uma sensação. Um estado de espírito. Ninguém fotografa uma sensação. Tem que ver com os próprios olhos e sentir com o coração).

Depois de contornarmos aquela paisagem deslumbrante, pegamos uma balsa (de uns 10 minutos) para Bergen e desembarcamos a poucos quilômetros da cidade. Chegamos por volta das 6 da tarde.
(Foram 250 km em quase 8 horas).
A viagem sempre é demorada. A maioria das estradas está em obras. Até agora não entendemos se é a neve que estraga as estradas ou se é algum tipo de duplicação. Acho que são os dois.
O trafego não é carregado, mas as estradas estreitas e cheias de curvas são lentas.
Em muitos pontos os carros circulam em um único sentido.

Bergen

Hoje acordamos cedo, 6:30 da manhã (o Lulão e o Thithi estavam indo dormir!).
Tomamos o nosso café e saimos correndo para pegar um barco.
O Mô comprou pela internet um passeio pelo Sognefjord, o maior fiorde do mundo (e um dos maiores da Argentina!).
São duas horas num barco, três horas em outro, uma hora num trem e mais três horas em outro trem! Ufa!
Os barcos são muito grandes, e não tem muita gente, mas tem brasileiro!
(Três jovens que terminaram um curso na Suécia e que agora passeiam pela Noruega).
O passeio de barco foi muito bom, mas o de trem foi imbatível (embora o 2o trem tenha atrasado 2 horas).
Deixo aqui as imagens e filmes:






Vista da janela do barco
Vista da janela do barco
Vista da janela do barco
Interior do barco
Interior do barco





Uma das muitas paradas...

Fiord

Última parada...

Trem

Olha só a estradinha vista da janela do trem!!!

Paradinha para fotografar a cachoeira!!






VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

0 comentários