- Paraty

Paraty

17:42Renata

Que tal fazer 600 km em treze horas?
Pois esta foi a nossa maratona deste final de semana.
O destino? Paraty.
Saímos de São Paulo na hora do rush...
Levamos uma hora para alcançar a Dutra...(Isso porque estávamos de moto!!!)
Mais cinco horas de viagem debaixo de uma garoa fina e chegamos a Paraty.
Já passava da meia noite e ainda estávamos no centro histórico, tentando localizar a nossa pousada.
Quando finalmente encontramos, 400 metros de lama nos separava do nosso merecido repouso.
Desci da moto. O Mô teve que enfrentar a lama sozinho.
Exaustos, dormimos ao som de uma tempestade!!!
Meu... chovia muito!!
A pousadinha
No dia seguinte, onde antes havia lama, formou-se um rio!
Sair de moto, nem pensar!
Resolvemos pegar nosso guarda-chuva (estávamos precavidos) e saímos da pousada com a ajuda do meio-fio recém construído.
O centro ficava a dois quilômetros da pousada.
Centrinho de Paraty
Passeamos a pé pela ciclovia que contorna o Rio Perequê-Açu, conhecemos as praias do Pontal e Jabaquara, andamos pelas ruas de pedra (com suas casinhas coloniais) e por fim paramos para um almoço num restaurante Tailandês.
Rio Perequê-Açu
Praia do Jabaquara
Depois do almoço retornamos para a pousada.
(Para quem sofre de prisão de ventre, descobri um prato tailandês maravilhoso!)
Nem saímos mais da pousada...
(O peixe morre pela boca mesmo!)

No domingo (já recuperada da comida tailandesa) fomos passear em Trindade, uma vila que fica a 20 km do centro de Paraty.
Nossa rua
Roupa "Mamãe eu consigo"!!
Caminho "alternativo" para sair da pousada!!!
Caminho para Trindade
Chegada a praia do Cepilho...
O dia estava nublado, mas as praias (que são muito bonitas) estavam lotadas.

Praia do Cepilho
Deixamos a moto na praia do Cepilho, passamos pela praia de Fora e alcançamos a praia do Meio.

Praia do Meio
Desta praia seguimos por uma trilha, de mais ou menos 500 metros, até o Cachadaço (um amontoado de pedras que forma a piscina natural).
A trilha estava completamente congestionada de gente indo e vindo, e era um sabão só. A chuva do dia anterior tinha transformado tudo em lama, e o sobe e desce de turistas virou um show de vídeo cassetadas!
Quando chegamos à piscina,estava lotada! Não havia qualquer lugar para ficarmos.
Diante do cenário, resolvemos voltar imediatamente... mas de barco!
Pequenas embarcações ficam o dia todo a disposição dos turistas, levando e buscando quem não tem interesse em “passear” pela trilha, mas quer conhecer a piscina natural.
Trilha para o Cachadaço
"Pequena" população do Cachadaço!!!
Mais uma amostra da "pequena população"!!
Deixando o super-hiper-mega-lotado Cachadaço!!
Depois deste passeio, voltamos para a pousada e mais tarde fomos jantar no centro histórico.
O mais legal da noite de Paraty são bares com música ao vivo: Bossa Nova, MPB, Pop Rock dão um tom especial ao lugar, fechando o dia com chave de ouro.

Hoje saímos cedo de Paraty.
Quatro horas de viagem pela Rio-Santos, (170 km) e chegamos a Maresias, onde almoçamos.
O sol finalmente deu as caras, e o dia estava lindo...
Praia de Maresias
Mais três horas... e chegamos em casa!!
O passeio foi cansativo... mas muito, muito bom!!!
Recomendo!
Bjs

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR

0 comentários